Oficina de bicicletas é um bom negócio?

Para aqueles que ainda tem alguma dúvida, se oficina de bicicletas é um bom negócio. Neste artigo vamos esclarecer várias dúvidas sobre o mercado de atuação, falar mais sobre a viabilidade de crescimento, além de abordar questões sobre o gerenciamento do negócio.

A oficina de bicicletas, diferente de uma bicicletaria, trabalha com reparação, troca de peças e manutenção das bikes. Elas funcionam como uma oficina, atendendo os ciclistas de todos os cantos da cidade, que precisam de um socorro emergencial ou só precisam de um profissional qualificado para fazer alguns ajustes na bicicleta.

Continue acompanhando e descubra se a oficina de bicicletas é um bom negócio:

Mercado de atuação

Já falamos em outros artigos, que as vendas de bicicletas estão em alta, isso acontece porque é uma opção de transporte barata, sustentável e saudável. A bicicleta, a cada dia que passa, conquista novos usuários, gerindo assim, um mercado muito atraente para quem quer investir.

Você pode atuar no fornecimento de peças, serviços de reparo, atualizações de componentes, além disso, pode maximizar suas vendas e lucro fornecendo a venda de bicicletas novas, peças para “tunar” as bikes, acessórios para a prática de ciclismo, como roupas, capacetes, garrafas e GPS.

Pesquisas do setor

De acordo com a Abraciclo, a frota de bicicletas do Brasil está distribuída geograficamente, da seguinte forma: 44% no Sudeste, 26% no Nordeste 14% no Sul, 8% no Centro-oeste e 8% no Norte.

Em pesquisa, a Abraciclo ainda divulgou que nosso país ocupa a terceira colocação no ranking de produção mundial de bicicletas, atuando com 4,2% do mercado internacional. Já relacionado ao consumo de bikes, o Brasil encontra-se na quinta posição, também com 4,2% do mercado internacional.

Segundos dados do Sebrae, aproximadamente 29% das bicicletas vendidas atendem o público infantil e 18% são mountain bikes com câmbio acima de cinco marcas, que são específicas para a prática do esporte.

Como saber se a oficina de bicicletas é um bom negócio pra mim?

As oportunidades de negócio relacionado às bicicletas são diversas, mas é sempre preciso saber se abrir um empreendimento neste ramo é bom e viável para você.

Nossa dica é fazer muitas pesquisas, saber por quais fontes você pode aprender mais sobre bicicletas, peças e afins. Além de ter conhecimento sobre o mercado, você precisa estudá-lo.

Avalie se a oficina de bicicletas é um bom negócio para você:

  • Faça pesquisa em fontes como prefeitura, guias, google, IBGE para quantificar o mercado alvo;
  • Investigue em revistas sobre ciclismo e guias especializados;
  • Analise a concorrência em sua cidade de atuação, selecionando concorrentes por bairro, faixa de preço e especialidade;
  • Visite os concorrentes, identifique os pontos fortes e fracos das empresas que trabalham no mesmo nicho;
  • Participe de seminários do ramo.

Como gerenciar uma oficina de bicicletas?

Quando você inicia um novo negócio, é preciso saber gerenciar e administrar tudo. Por isso, você pode contar com um sistema online de gestão especializado em bicicletarias.

Sugerimos que conheça os serviços do Bike Conecta, que é uma plataforma de controle financeiro, de clientes, produtos e vendas. Você ainda pode calcular o uso das bicicletas e criar alertas de revisão.

Por ser um produto completo para gerenciar seu negócio, ainda te fornecer detalhadamente dados e relatórios sobre os resultados da sua oficina de bicicletas, te ajuda a emitir NF-e, fazer cadastros tributários e assim, potencializa a gestão do caixa. Conheça mais nossos serviços, clique aqui e entre em contato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *